9 de out de 2014

Conferência BBEST discutirá avanços recentes em bioenergia


A segunda edição da Brazilian Bioenergy Science and Technology Conference (BBEST) apresentará em Campos de Jordão (SP), entre 20 e 24 de outubro, avanços recentes da pesquisa científica e tecnológica sobre bioenergia e outras fontes de energias renováveis no mundo. O objetivo da reunião é contribuir para a tomada de decisões bem informadas sobre a redução de emissões de carbono e a transição para uma economia sustentável.

Estarão em pauta temas como os impactos da expansão sustentável da bioenergia, segurança energética, aspectos ambientais, geração e transferência de tecnologias, rotas para a produção de etanol e de biocombustíveis avançados e motores movidos a biocombustíveis.

Com apoio da FAPESP, no âmbito do Programa FAPESP de Pesquisa em Bioenergia (BIOEN), o encontro reunirá cientistas ligados a instituições de ensino e pesquisa do Brasil e de outros 12 países, estudantes e representantes de organizações não governamentais, empresas e governo.

Programação abrangente

O programa da segunda BBEST inclui ainda sessões plenárias, especiais e paralelas, além da exibição de painéis sobre projetos de pesquisa nas cinco vertentes do BIOEN: biomassa; tecnologias para biocombustíveis; alcoolquímica e biorrefinarias; motores e outros dispositivos de conversão; e integração de processos e sustentabilidade. Estão previstas para o dia 24 de outubro visitas a laboratórios, usinas e empresas instaladas no interior de São Paulo.

Sessões plenárias e especiais tratarão de biocombustíveis para aviação, rotas e processos para produção de bioenergia e pesquisas feitas em instituições do Reino Unido. Entre os palestrantes, estão lideranças científicas da University of York e do Biotechnology and Biological Sciences Research Council (BBSRC) – ambos no Reino Unido; International Climate and Energy Program, ligado à National Wildlife Federation (NWF); e o National Renewable Energy Laboratory (NREL), o único laboratório federal norte-americano dedicado à pesquisa, desenvolvimento, comercialização e implementação de energias renováveis eficientes.

Sessões paralelas nos dias 21, 22 e 23 de outubro tratarão de tecnologias para a geração de biocombustíveis, matérias-primas, tecnologias complementares (energias eólica e solar, biogás), uso da biologia sintética para aumento do rendimento de matérias-primas, questões políticas, econômicas e ambientais envolvidas na sustentabilidade da bioenergia e a criação de inovações e transferência de tecnologias. Pesquisadores ligados a instituições com ênfase na pesquisa em energia do Brasil, Estados Unidos, Holanda, Canadá, África do Sul e Reino Unido farão apresentações.

Mais informações em http://www.bbest.org.br/
Fonte: Fapesp

Um comentário:

  1. O leilão de fontes alternativas de energia marcado para o dia 10 de abril de 2015 pelo Ministério de Minas e Energia (MME), em que serão negociados contratos de energia eólica e biomassa, deverá atrair muitos investidores e ter grande competição, afirma Maurício Tolmasquim, presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE).

    Saiba mais: http://www.pac.gov.br/noticia/e361f5b6

    ResponderExcluir