27 de ago de 2013

BNDES deve lançar novas condições de financiamento para PCHs e biomassa

O governo federal solicitou ao BNDES a melhora nas condições de financiamento para PCHs e usinas a biomassa, buscando atender pleitos dos setores. Segundo Tolmasquim, a cadeia de fornecedores reclamava da menor participação das PCHs nos leilões e, no caso das usinas a biomassa de cana, a iniciativa também considera a visão do governo de tentar estimular indiretamente a produção de etanol.

"Eu acho que biomassa e PCHs vão voltar no leilão de quinta-feira e o BNDES deve lançar hoje ou amanhã um pacote para tornar esses empreendimentos mais competitivos", disse Maurício Tolmasquim, durante evento do setor de energia, lembrando que o preço-teto pelo megawatt-hora (MWh) do leilão será de 140 reais.

O presidente da EPE disse também que projetos de usinas solares foram inscritos para o leilão A-3 programado para novembro desse ano, mas considera pouco provável que sejam contratados na competição. "Teve muita gente inscrito em solar, mas no A-3 é muito pouco provável que seja contratado porque vai concorrer com (outras) fontes juntas e o prazo para construção é muito mais curto", disse. Mais informações/fonte: NovaCana

Nenhum comentário:

Postar um comentário