26 de nov de 2016

Aluna de Pós-graduação em Engenharia Mecânica realizou ensaios em condições de microgravidade

Entre os dias 1 e 3 de novembro, a doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica da EESC, Daiane Iceri, orientada pelo professor Gherhardt Ribatski, realizou ensaios experimentais em condições de micro e hipergravidade por meio de voos parabólicos feitos na cidade de Bordeaux, na França.

Os voos ocorreram pela agência Novespace, conduzidos em um Airbus A310, e envolveram a realização de 31 parábolas por dia, com duração de 21 segundos de microgravidade e 40 de hipergravidade.

Esses ensaios foram realizados sob supervisão do pesquisador da Agência Nacional de Novas Tecnologias, Energia e Desenvolvimento Econômico Sustentável (ENEA) da Itália, Giuseppe Zummo, e fazem parte da tese de doutoramento da aluna, que trata da investigação da influência da gravidade na transferência de calor durante a ebulição convectiva em microcanais.

As análises iniciais dos dados levantados durante os voos indicam que o efeito da gravidade é significativo sobre a ebulição, porém estudos detalhados serão produzidos com o retorno da pesquisadora ao Brasil.

Para realizar essa importante etapa de sua pesquisa, Daiane contou com bolsa de doutorado sanduíche do CNPq vinculada ao programa Ciências sem Fronteiras. Além disso, a simulação de condições de micro e hipergravidade foi realizada em parceria com a ENEA, a partir de financiamento fornecido pela Agência Espacial Europeia (ESA).

Segundo a pesquisadora, “tal experiência foi única e muito importante para meu crescimento profissional e pessoal, uma vez que vivenciar a sensação de gravidade reduzida é particular e de difícil realização”.

Mais informações:
Professor Gherhardt Ribatski
Departamento de Engenharia Mecânica da EESC
Tel.: (16) 3373-9415
E-mail: ribatski@sc.usp.br

Fonte: Assessoria de Comunicação da EESC
Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário