1 de ago de 2016

Dados da safra da cana-de-açúcar


A produção de cana-de-açúcar estimada para a safra 2016/17 é de 690,98 milhões de toneladas. O crescimento está estimado em 3,8% em relação à safra anterior. A área cultiva foi de 9.073,7 mil hectares, aumento de 4,8%, se comparada com a safra 2015/16. A produção de açúcar deverá atingir 37,5 milhões de toneladas, 12% superior à safra 2015/16. A produção de etanol deve se manter acima de 30 bilhões de litros, redução de apenas 0,4%. A produção de etanol anidro deverá ter aumento de 4,7%, alcançando 11,7 bilhões de litros. Para a produção de etanol hidratado o total poderá atingir 18,6 bilhões de litros, redução de 3,4% ou 649 milhões de litros.

A área colhida no Brasil de cana-de-açúcar destinada à atividade sucroalcooleira na safra 2016/17 deverá ser de 9.073,7 mil hectares. O aumento de 419,5 mil hectares, ou 4,8% é resultado da cana bisada da safra 2015/16, aumento de área pró- pria de algumas unidades de produção e reativação de uma unidade em São Paulo. Se confirmada, será a maior área colhida no Brasil. O Brasil teve uma redução de 464 mil hectares na área da temporada 2015/16, equivalendo a 5,2% em relação à safra 2014/15. O decréscimo foi reflexo do comportamento da safra em três grandes estados produtores: São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul, onde o excesso de chuva atrasou a colheita, o que fez com que houvesse cana bisada a ser colhida na próxima safra, e Alagoas onde duas Unidades de Produção deixaram de funcionar nesta safra.

Fonte: Conab

Nenhum comentário:

Postar um comentário