13 de fev de 2015

Brasil fica em 4º lugar entre os países que mais instalaram eólicas em 2014, segundo GWEC


O Brasil foi um dos principais destaques do segmento de energia eólica no mundo, segundo levantamento do Conselho Global de Energia Eólica (GWEC, na sigla em inglês). No ano passado, o país colocou em operação mais 2.472 MW, ficando em 4º lugar no ranking mundial de novas instalações atrás apenas de China (23.351 MW), Alemanha (5.279 MW) e Estados Unidos (4.854 MW). Com os novos parques, o Brasil terminou 2014 com 5.939 MW de capacidade instalada, ficando em 10º lugar entre os maiores geradores eólicos.

O mundo viveu um novo recorde de instalação eólica com mais 51.477 MW instalados, superando o pico anterior de 2012, de 45.161 MW. Com isso, a capacidade instalada mundial chegou a 369.553 MW no ano passado. Na América Latina, o Brasil representou dois terços dos 3.749 MW instalados em 2014. Chile (506 MW), Uruguai (405 MW) e Peru (146 MW) seguiram entre os principais mercados no continente, que soma agora 8.526 MW operando.

A China continua como o maior mercado eólico no mundo com mais 23.351 MW instalados, totalizando 114.763 MW. Alemanha (39.165 MW operando) e Estados Unidos (65.879 MW) seguem como os outros dois principais mercados.

Fontes: UDOP/Canal Energia

Nenhum comentário:

Postar um comentário