1 de jun de 2012

CPFL coloca nova térmica a biomassa em testes

UTE Bio Pedra, em Serrana, interior de São Paulo, soma 70MW em potência instalada.


A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou nesta quinta-feira (24/5) o início da operação em período de testes da termelétrica CPFL Bio Pedra, instalada no município de Serrana, no interior de São Paulo. A usina, movida a biomassa de cana-de-açúcar, soma 70MW em potência instalada, dividido entre duas unidades geradoras, de 35MW cada. O empreendimento pertence à CPFL Renováveis e é fruto de uma parceria com o grupo Pedra Agroindustrial. A planta teve obra iniciada em 2010, meses depois de a CPFL acertar o acordo, que envolveu mais duas usinas - Buriti e Ipê, ambas já em operação comercial. A UTE Ipê, inclusive, iniciou a geração comercial recentemente, em 18 de maio, com 25MW. A primeira das plantas a ser concluída, a Bio Buriti, com 50MW, gera energia desde outubro do ano passado. Fonte: Jornal da Energia

Um cálculo rápido: para uma Usina que processa 500 toneladas de cana-de-açúcar por hora, a energia gerada pela queima do bagaço supre todas as necessidades do processo produtivo e ainda gera excedente de 50 MW.

Nenhum comentário:

Postar um comentário