21 de jul de 2011

CTC tenta captar R$ 250 milhões para ampliar escala do etanol de segunda geração

O Centro de Tecnologia Canavieira (CTC) está desenvolvendo pesquisas para ampliar a escala de produção do etanol celulósico visando a tornar o combustível de segunda geração economicamente viável. Para isso, está tentando captar RS$ 250 milhões junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), informou o jornal Valor Econômico em 5 de julho. A reportagem "CTC busca elevar escala de etanol celulósico", assinada por Fabiana Batista, mostra que o centro de pesquisas — que em janeiro deixou de ser uma associação sem fins lucrativos para se tornar uma empresa — já domina a produção em escala-piloto, mas o objetivo é reduzir o custo por litro para o mesmo nível do etanol convencional. Fonte: http://www.inovacao.unicamp.br. Postado por Patrícia Monteiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário