31 de mai de 2010

Florestas Energéticas


Madeira para geração no Pará 
Um estudo do Grupo de Energia, Biomassa e Meio Ambiente (EBMA) da Universidade Federal do Paraná (UFPA) identificou um potencial de 160 MW médios anuais de geração de energia à base de madeira em 88 municípios do estado. Em situação legal e licenciadas ambientalmente, serrarias situadas nessas cidades produzem 3,61 milhões de m³ de resíduos por ano, de um total de 8,7 milhões de m³ processados. As localidades com maior volume de material aproveitável são Paragominas, Portel, Breves, Jacundá, Goianésia, Tucuruí, Tailândia e Região Metropolitana de Belém. Na Vila Porto Alegre do Curumu, em Breves, a UFPA e o Centro Nacional de Referência em Biomassa (Cenbio) já instalaram uma central piloto de 200 kW movida a biomassa de madeira com recursos do CNPq e MME. Colaboraram no desenvolvimento do projeto as empresas TGM, Sermatec, Montex e Weg. A pequena usina alimenta uma fábrica de vassouras que provê sustento para a comunidade local e também fornece calor para secagem de madeira. O estudo teve apoio da Celpa, distribuidora da Rede Energia. (A.C.S.)

Fonte: Antonio Carlos Sil - Energia Hoje


Nenhum comentário:

Postar um comentário